Filamentos da Vida

Filamentos da Vida


A vida é como o filamento de uma lâmpada. Um fio fino que ao conduzir a corrente elétrica em uma determinada intensidade fica incandescente.

Em alguns momentos da vida a corrente intensa nos faz brilhar, iluminamos a nós e a outros.
O brilho clareia todo o ambiente, ilumina vidas, existências, histórias.

Somos portadores de luz, portadores de brilho, fomos feitos para brilhar.

Em outros momentos a corrente é reduzida e a nossa luz é fraca, mas ainda assim é luz, ainda assim se destaca em meio ao negrume da existência.

Quando o filamento se rompe, ocorre a queima da lâmpada, deixamos de brilhar, deixamos de acender, de iluminar.
Morremos!!!

Mas existem casos onde o filamento soltou a sua extremidade do terminal elétrico e parece que perdemos a vida e estamos queimados.

Então um conhecido eletricista nos gira procurando fazer o contato elétrico entre a extremidade do filamento e o terminal e milagrosamente voltamos a acender, a iluminar, ganhamos uma segunda chance.

Chance de iluminar não só a nós mesmos, mas a outros, demonstrar o nosso melhor brilho, terão dias de um brilho fraco, mas não desanime, amanhã poderá brilhar mais.

Sobre o eletricista, soube que ELE também é carpinteiro, jardineiro, advogado e cordeiro.

Autor: Anderson Ribeiro Sousa

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Vale do Trovão

A represa!

Quando te Conheci